CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente conta com a participação de professores do UNIFESO

10-09-2018

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente promoveu, dia 3 de setembro, a cerimônia de posse do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente (Comdema), que estava inativo há quase um ano. Dentre as entidades que compõem o novo conselho, está o Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), representado por Carlos Alfredo Franco Cardoso, coordenador do curso de Ciências Biológicas, como titular, e por Vivian Telles Paim, diretora do Centro de Ciências e Tecnologia, que assume como suplente.

O professor do curso de Medicina Veterinária Fernando Luis Fernandes Mendes também se juntou ao quadro do conselho pela Secretaria Municipal de Agricultura. A cerimônia foi realizada no Teatro Municipal e contou com as presenças do prefeito, Vinicius Claussen, e do secretário Municipal de Meio Ambiente, Raimundo Antonio Lopes. O professor José Roberto de Castro Andrade, do curso de Ciência da Computação do UNIFESO, também prestigiou o evento.

Criado através da Lei Municipal de 2.276, de 2 de dezembro de 2008, o Comdema integra o sistema de gestão ambiental da cidade, tendo a finalidade de instituir novas diretrizes ambientais, além de assessorar o poder executivo municipal em assuntos de proteção, conservação e uso sustentável do meio ambiente. O professor Carlos Alfredo Cardoso participa do Comdema há mais de 20 anos. “As principais questões tratadas atualmente pelo conselho são o saneamento básico e a destinação do lixo. Nossa expectativa é desenvolver um trabalho que ajude a cidade a solucionar essas questões da melhor forma para a sociedade e para o meio ambiente”, disse.

Vivian Telles Paim explicou que o Comdema é constituído por diversos segmentos da sociedade oportunizando diferentes olhares sobre a questão ambiental. "O conselho tem como função discutir e deliberar em prol da conservação e melhoria do meio ambiente. A participação do UNIFESO contribui com a expertise de uma Instituição que já possui relevante apoio para área ambiental, por meio dos seus cursos de  graduação, além dos projetos de pesquisa, extensão e Sala Verde", concluiu.