CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Dia do Peixe bate recorde de refeições vendidas e prega a sustentabilidade

24-05-2019

Os estudantes de Medicina Veterinária do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) organizaram o IX Dia do Peixe, uma reunião científica de aquicultura e pesca que, este ano, aconteceu dia 24 de maio. O evento é composto por um dia de palestras e por um almoço feito pelos estudantes, que, nesta edição, bateu recorde de vendas de refeições. 

O cardápio é composto por pratos elaborados com as tilápias criadas nos tanques do campus Quinta do Paraíso. O Dia do Peixe é desenvolvido pelos alunos do 4º ano do curso de Medicina Veterinária e conta com a colaboração de professores, da coordenação do curso, da Liga Acadêmica de Aquicultura e Pesca (LAAP) e do Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária. 

A aquicultura não é um tema de interesse direto dos estudantes de Medicina Veterinária, por conta disso, nas disciplinas em que o assunto é abordado, como Extensão Rural e Aquicultura, a professora Beatriz Rodrigues Sturm procura fazer com que o tema seja abordado de forma prática e real, para que os alunos desenvolvam interesses e habilidades. “No Dia do Peixe, os estudantes participam desde o início do processo. O peixe chega aos nossos tanques muito pequenino. Os estudantes participam do cultivo, despescam o peixe, filetam e depois preparam o alimento para servi-lo neste almoço. E ainda participam da elaboração de um evento de extensão rural. É uma experiência única”, explica a professora Beatriz, que também é egressa do curso.

A sustentabilidade esteve presente em todo o evento. Os estudantes elaboraram os enfeites das mesas do almoço com garrafas PET, fizeram coleta seletiva de lixo e, em parceria com a empresa OrganoKits conseguiram uma composteira para o campus. “Todo o lixo orgânico gerado no almoço irá para a compostagem, assim, teremos adubo orgânico que poderemos reaproveitar no próprio campus. Os estudantes, este ano, também se preocuparam em eliminar o excesso de plástico usado no almoço. Para isso, optaram por alugar louças”, explicou Beatriz Rodrigues Sturm, professora das disciplinas Extensão Rural e Aquicultura.

Bárbara da Silva dos Santos Gonçalves, estudante do 4º ano e organizadora do evento, disse que a aquicultura é uma área de seu interesse e que, este ano, a escolha dos palestrantes objetivou agradar a todos. “Temos palestra para quem gosta de produção pesqueira; para os que curtem clínica, pois será falado sobre as cirurgias mais recorrentes em peixes; para os que se ligam em conscientização ambiental, teremos uma palestra sobre reutilização de água. Enfim, tentamos trabalhar um pouquinho de cada assunto nas palestras”, explicou.



Jornada Acadêmica

De 21 a 24 de maio, aconteceu a 16ª Jornada Acadêmica de Medicina Veterinária. O evento teve como objetivo criar um espaço para a discussão das questões importantes para a formação acadêmica do estudante e favorecer o intercâmbio entre a pesquisa, o ensino e a extensão, por meio da realização de palestras, mesa redonda, workshop, minicursos e atividades assistenciais na Clínica-Escola voltadas para a comunidade. 



Por Juliana Lila