CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Medicina Veterinária do UNIFESO realiza VIII Dia do Peixe

12-11-2018

O campus Quinta do Paraíso do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) foi, pela oitava vez, palco das atividades do Dia do Peixe, realizado junto com a 3ª Reunião Científica de Aquicultura e Pesca. Criado pelo curso de Medicina Veterinária, o encontro é organizado pelos estudantes do quarto ano sob a orientação de professores, com a colaboração da Liga Acadêmica de Aquicultura e Pesca (LAAP) do Diretório Acadêmico de Medicina Veterinária. O evento contou com a visitação de escolas e o apoio de empresas da região. 

Para a estudante Ariana Faria Martins de Aguiar, do quarto ano, no evento “aprendemos a lidar com o público de modo geral e estabelecemos um contato mais próximo, trocando experiências com produtores da região, passando e colocando em prática todo conhecimento que o curso nos oferece e nos abrindo novas oportunidades, como para o campo da pesquisa, por exemplo”.



Ariana conta que foi através de um dia de atividades, como o Dia do Peixe, que ela se apaixonou pelo Centro Universitário e decidiu a carreira que iria seguir. Ela conheceu o UNIFESO através de um convite, feito em 2008 ao curso técnico em agropecuária da Escola Agrícola de Teresópolis, para participar do Dia do Médico Veterinário. “Foi um dia de palestras e atividades práticas. Esse clima acadêmico me chamou a atenção, porque conheci laboratórios e a paixão dos estudantes pela faculdade. Isso me fez querer cursar Medicina Veterinária no UNIFESO”, disse. 

“Fazemos questão de convidar as escolas agrícolas porque percebemos que os estudantes têm grande interesse pela veterinária”, observou a professora Beatriz Sturm, que coordenou os estudante. Segundo ela, são os acadêmicos que organizam todas as etapas do processo, desde o planejamento orçamentário, à divisão de tarefas e à execução das mesmas.



Além das palestras sobre temas como Aquaponia, Biosseguridade na Aquicultura e Homeopatia em Peixes, o VIII Dia do Peixe ofereceu o tradicional almoço com música ao vivo e um variado cardápio. Entre os deliciosos pratos, tendo como carro-chefe a tilápia, a novidade deste ano foi a opção de um prato vegetariano que incluiu ingredientes como queijo e cogumelos. “Desenvolvemos um prato vegetariano para este ano, considerando que temos um grande número de estudantes do curso que não comem carne”, justificou a professora Beatriz.