CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Proteger Teresópolis vai englobar novos cursos em 2020

05-09-2019

O projeto Proteger Teresópolis também marcou presença no IV Congresso Acadêmico-Científico do Unifeso (IV Confeso) e foi tema de uma mesa-redonda. O encontro aconteceu dia 29 de agosto e contou com a participação de estudantes, de docentes e de representantes da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros.

Para o debate foram convidados alguns cursos que ainda não participam do projeto, mas que devem entrar para o time do Proteger Teresópolis no ano que vem, como Direito, Arquitetura e Urbanismo e Psicologia. “Diante dos problemas que estão se apresentando para o grupo no campo, vimos a necessidade de incorporar novos cursos. A ideia de hoje foi trazer representantes dessas graduações e apresentarmos os dados que temos até o momento para que possam contribuir com suas experiências profissionais e acadêmicas com temas correlatos”, explicou Verônica Albuquerque, reitora do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso).

O projeto está na fase de coleta de dados em campo, e quatro comunidades já foram visitadas: Meudon, Vale da Revolta, Quinta Lebrão e Fonte Santa. A ideia é contemplar cerca de 20 comunidades. Atualmente, participam do projeto estudantes e professores dos cursos de Enfermagem, Farmácia, Medicina, Odontologia, Engenharia Civil e Ciência da Computação. 

Entre os convidados para a mesa-redonda estavam o coronel Flávio Castro, secretário de Defesa Civil; o coronel Marcio Motta, comandante do Destacamento de Bombeiro Militar e coordenador Municipal da Defesa Civil de Belford Roxo; Annibal Coelho de Amorim, professor de Saúde Coletiva do curso de Medicina; João Pedro Campos Pinto, professor do curso de Engenharia; e Caio Taranto, Juiz Federal e professor do curso de Direito.

Por Juliana Lila