CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Semana da Enfermagem aborda tema “os desafios para a prática com equidade: Saúde Mental”

16-05-2019

Começou no dia 13 e vai até dia 18 de maio a programação da 80ª Semana Brasileira de Enfermagem no Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso), que incorpora também a 22ª Semana Brasileira de Enfermagem do Hospital das Clinicas de Teresópolis Constantino Ottaviano (HCTCO) e a 7ª Semana Brasileira de Enfermagem integrada do Curso de Graduação em Enfermagem e do HCTCO.

Neste ano, o tema central do evento é "Os desafios da Enfermagem para a prática com equidade: Saúde Mental", e conta com programação em diversas unidades da Instituição (confira aqui). 



Abertura Oficial

No dia 15 de maio, o Salão Nobre do Campus Feso Pro Arte sediou a Abertura Oficial da Semana, com a presença de dirigentes da Instituição, professores, estudantes e profissionais da área da saúde. Compuseram a mesa solene o professor Antonio Henrique Vasconcellos da Rosa, secretário Municipal de Saúde de Teresópolis, a professora Mariana Beatriz Arcuri, diretora do Centro de Ciências da Saúde; professora Rosane Rodrigues Costa, diretora Geral do HCTCO; enfermeira Adriana Coutinho da Silva Fonte, diretora de Enfermagem do HCTCO; professora Selma Vaz Vidal, coordenadora do curso de Enfermagem; e o estudante Caio Ramos, presidente do Diretório Acadêmico de Enfermagem. 

A professora Mariana Arcuri frisou a importância da Semana para a Instituição, “por enaltecer a profissão, por ser um momento pela integração do curso de enfermagem com o hospital, por ser um momento de reflexão sobre os desafios da profissão”. 

O professor Antônio, em seu discurso, reafirmou o compromisso da Enfermagem com o Sistema Único de Saúde (SUS). “Estamos em um ano em que vivenciamos problemas como a falta de financiamento na saúde e falta de estabilidade profissional. Por isso que o mais importante neste momento é trazer a Enfermagem junto à defesa do SUS, porque aposto nestes profissionais como pessoas que podem fazer esse sistema mudar e dar certo”, salientou o secretário de Saúde de Teresópolis. 

“A prática com equidade, tema da Semana, merece muita reflexão neste momento tão delicado em que o país está passado. Equidade tem vários conceitos, entre eles, fala de tratar os diferentes de forma diferente, porque cada um tem uma necessidade específica. E esse é um grande desafio dentro da Enfermagem”, pronunciou a professora Rosane Costa. 

“A equidade objetiva-se diminuir as diferenças sociais, proporcionando atendimento desigual para as necessidades desiguais. É caracterizada como princípio de justiça social”, observou a enfermeira Adriana Coutinho. 

“Vocês representam um sangue novo desta profissão, e formá-los implica que vocês atuem em prol da Enfermagem. Além de profissionais competentes e preparados para os diversos cenários do mercado de trabalho, o Unifeso também forma cidadãos comprometidos com as questões que envolvem a própria profissão. Parabéns pela escolha!”, dirigiu-se aos estudantes a professora Selma Vaz. 

A cerimônia contou com a tradicional passagem da lâmpada acesa, símbolo da Enfermagem que representa essa profissão que se traduz em zelo, cuidado e respeito. O objeto foi carregado pela acadêmica Dayanne Ramos, do último ano do curso de Enfermagem. “É uma sensação emocionante carregar a lâmpada e honrar toda a história que ela tem”, disse. 

Para falar sobre o tema central do evento, foi convidado para ministrar palestra o professor José Carlos Lima de Campos, mestre em Enfermagem pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), docente no Unifeso e responsável pela residência em Saúde Mental e Psiquiatria IPUB/UFRJ. “Estar no curso de Enfermagem do Unifeso é um grande prazer para mim”, declarou o palestrante. 



Por Giovana Campos