CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




UNIFESO recebe 2ª Jornada Científica da Polícia Técnico-Científica da Região Serrana

11-10-2018

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) sediou, no dia 3 de outubro, a 2ª Jornada Científica da Polícia Técnico-Científica da Região Serrana. Promovido pelo Departamento Geral de Polícia Técnico-Científica (DGPTC), Acadepol e Faepol, trata-se de um evento interdisciplinar entre os profissionais envolvidos na investigação criminal e que tem por objetivo a apresentação dos serviços oferecidos pela Polícia Técnico-Científica.

A palestra de abertura foi ministrada pela dra. Andrea Menezes, Delegada de Polícia e Diretora do DGPTC; seguida das considerações do delegado Fabio Costa, e dos peritos criminais Luis Carlos Monteiro, Rafael Mayer, Yuri Rodrigues Rosa e Denilson Siqueira, além do perito legista Robson Santos, professor do curso de Medicina do UNIFESO.



“O estado está passando uma situação difícil em relação a recursos humanos e a carência dos postos de polícia técnica está dificultando o atendimento da população como um todo, como perícias, fornecimentos de laudos, entre outros. O UNIFESO abriu este espaço possibilitando que acontecesse a reunião de toda a Região Serrana do estado do Rio de Janeiro no Campus Antonio Paulo Capanema de Souza, justamente para discutir as fragilidades e propor as soluções para cada região”, contou Robson Santos, médico intensivista e chefe do CTI do Hospital das Clínicas de Teresópolis Costantino Ottaviano (HCTCO).

Na parte da tarde, foram criados Grupos de Trabalho que se reuniram para discutir e apresentar propostas. O evento integrou toda a Região Serrana, reunindo seus quatro postos de perícia – Teresópolis, Nova Friburgo, Três Rios e Petrópolis - e os profissionais que neles atuam. “Estamos buscando unificar todas as políticas de segurança pública na área de perícia, otimizando nossos protocolos, profissionais e os recursos que temos”, contou o perito Denilson Siqueira, assessor técnico-científico do DGPTC. 

Segundo ele, o apoio do UNIFESO neste evento é de suma importância. “Perícia é ciência e, para a ciência, é preciso a conexão com o centro universitário. Ter o UNIFESO como parceiro é fundamental. Hoje começamos realizando o evento neste espaço, gentilmente cedido para a gente, mas para o futuro pretendemos outras parcerias, como celebrar acordo de cooperação e promover palestras. Sabemos que o UNIFESO tem professores qualificados que podem levar a informação da academia para a perícia, assim como nossos profissionais podem compartilhar a expertise e toda a experiência do trabalho deles com a comunidade acadêmica”, observou Denilson.