Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação realiza palestras exclusivas para estudantes do UNIFESO  
publicado em: 04/05/17

A programação do Festival Nacional de Quadrinhos e Cinema de Animação 2017 contou com atividades exclusivas para estudantes do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) nos dias 27 de abril e 2 de maio. Alunos de Ciência da Computação participaram de uma palestra exclusiva sobre o mercado da Tecnologia na indústria de filmes e games. Para o curso de Pedagogia, o tema escolhido foi sobre a produção literária de histórias em quadrinhos. 

No primeiro dia de evento, o palestrante foi Rodrigo Miguel, que produziu para a editora de Star Trek, Tartarugas Ninja e Transformers e autor do best seller “Animação 3d, HQ e games: conexões e mercado”. No segundo e último dia, o convidado foi o artista de renome internacional Carlos Rafael, ilustrador dos mercados europeu e americano de quadrinhos. O artista já produziu trabalhos como Battlestar Galactica, filmes e séries de televisão de ficção científica; e Highlander, aclamado filme com remake em produção. 

“É um evento que tem se tornado importante na cidade e como no curso de Pedagogia tratamos das linguagens, nada melhor para exemplificar do que os quadrinhos. Eu mesmo quando criança lia muitos gibis e isso me ajudou em relação a minha formação como leitor. Antes mesmo dos romances, contos, crônicas e poesias, eu exercitava minha leitura através dos quadrinhos”, afirmou o professor George Campista de Abreu Cabral, que representou a professora Maria Terezinha Espinosa de Oliveira, coordenadora do curso de Pedagogia do UNIFESO. 

“Realizamos esse festival há mais de dez anos e academicamente está acontecendo uma grande revolução. Temos observado, principalmente nas universidades do exterior, os cursos utilizando os quadrinhos como instrumento narrativo para os alunos. O Ministério da Educação cada vez mais incentiva e tem processos públicos de adaptações de clássicos da literatura para os quadrinhos”, destacou Rodrigo Miguel, organizador do evento, lembrando que o Festival terá novas edições especialmente voltadas para o público do UNIFESO em junho e novembro. 

Para Prissila Barbosa, estudante de Pedagogia, “entender mais sobre o potencial educativo das histórias em quadrinhos é muito importante para que a gente conheça novas possibilidade de enriquecimento de um projeto pedagógico”.

Últimas Notícias

HCTCO comemora Natal com pacientes e funcionários

2017 marca centenário do professor Roched Abib Seba

Estudantes do CENSF e E.M. Maçom Lino Oroña Lema vencem Desafio CESO 2018

Funcionários do UNIFESO se unem e provam que Papai Noel existe

Pediatria da Clínica-Escola de Fisioterapia realiza confraternização de fim de ano

Projeto de monitoramento de trilhas desenvolvido no UNIFESO é apresentado em Brasília

UNIFESO participa de evento sobre as Novas Diretrizes Nacionais Curriculares do Conselho de Farmácia

UNIFESO participa de evento sobre as Novas Diretrizes Nacionais Curriculares do Conselho de Farmácia

Projeto de monitoramento de trilhas desenvolvido no UNIFESO é apresentado em Brasília

Pediatria da Clínica-Escola de Fisioterapia realiza confraternização de fim de ano

Formanda do UNIFESO apresenta trabalhos no Congresso Latino Americano de Oftalmologia Veterinária

Equipe do UNIFESO vai para as finais da maior competição internacional de empreendedorismo social entre estudantes

Médicos comemoram 35 anos de formatura no UNIFESO

Professora do UNIFESO apresenta nos EUA dados de pesquisa sobre a Malária Autóctone na Mata Atlântica

UNIFESO oferece novos cursos e condições mais acessíveis no Vestibular 2018

Dezembro Vermelho: acadêmicos de Medicina realizam campanha

Prevenção ao Câncer da Pele: UNIFESO veste camisa do Dezembro Laranja e realiza campanha de conscientização

Medicina UNIFESO 2018: candidatos sobem a serra na disputa por uma vaga

Desafio CESO 2018: inscrições abertas até o dia 8 de dezembro