UNIFESO no combate ao tabagismo  
publicado em: 15/05/17

Mais de dez pessoas entre funcionários e estudantes do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) integram neste ano o grupo contra o tabagismo coordenado pelo professor Carlos Luiz da Silva Pestana, do curso de Medicina. Segundo ele, o trabalho segue a proposta do Ministério da Saúde de combate ao tabagismo, que é um dos maiores fatores ‘evitáveis’ de risco de morte e incapacidade. “Trazemos para dentro da Instituição esta discussão com funcionários e estudantes, para tentarmos com isso, junto ao tratamento, fazer os dependentes do cigarro pararem”, conta. 

O professor Carlos Pestana alerta ainda para as vantagens de largar o vício. “Quando o dependente deixa o cigarro melhora a qualidade de vida em todos os aspectos, como olfato e paladar, a performance na atividade física, a ansiedade, assim como a expectativa de vida e a economia do dinheiro que se gastaria. É um despertar para outra vida em que talvez nunca tenha vivenciado na fase adulta por limitação do cigarro, já que a grande maioria começa a fumar na adolescência”, aponta. 

Ele conta que o tratamento inicia com quatro importantes etapas, que consistem primeiramente em retirar o cigarro do comportamento social, depois da dependência química em seguida da psicológica. Ao final seguem os encontros quinzenais para prevenção de recaída. No dia 8 de maio os participantes realizaram no segundo encontro, etapa na qual recebem o adesivo de nicotina e compartilham os primeiros resultados. 

Etelvina Gonçalves, funcionária da Central de Esterilização, está participando determinada a deixar o vício. “Eu não gosto de fumar, mas é como se a minha mente pedisse. Já parei outras vezes, mas dessa vez espero que não voltar mais”, garantiu. 

Últimas Notícias