UNIFESO e Instituto Saber realizam ação de Saúde no Meudon  
publicado em: 08/11/17

Unir forças para a realização de campanhas de prevenção e diagnóstico de doenças, fortalecendo a Responsabilidade Social. Essa foi a proposta do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) e do Instituto Saber que, em parceria, levaram no dia 30 de outubro para o pátio do Instituto orientações sobre temas na área da Saúde através de uma mobilização de estudantes e professores dos cursos do Centro de Ciências da Saúde (CCS). Dentre as atividades, avaliação odontológica e o cuidado com os dentes e a escovação, informações sobre a prevenção contra a Dengue, DSTs, câncer de mama, entre outras doenças, avaliação de capacidade pulmonar e postural, verificação de fatores de risco para hipertensão arterial e obesidade, além de vacinação da população. 

O professor Christiano Machado, da disciplina de Anatomia Humana, junto aos estudantes do curso de Fisioterapia trabalhou com a “avaliação postural e as orientações gerais de como melhorar dores musculares, falando como a Fisioterapia pode auxiliar pessoas com estes sintomas”. A cozinheira Maria de Fátima Mendes participou da ação com boa parte da família. “São orientações sobre a saúde muito importantes para o povo do bairro. Sobre a escovação dos dentes, por exemplo, foi interessante não só para as crianças como também para as mães. Aproveitei para verificar a minha pressão e tirei dúvidas com os acadêmicos da Fisioterapia”, contou. 

Para o estudante do segundo período de Medicina, Lucca Lannes, além de atuar na comunidade com uma ação de prevenção em Saúde é uma realização como futuro médico, praticando em campo a profissão que escolheu para a vida. “Eu tinha um pouco de dificuldade em me relacionar com o paciente quando ingressei na faculdade, mas hoje já faço isso com tranquilidade. Temos estas atividades constantemente e com isso ficamos preparados de verdade para a Medicina, pois nossa formação não fica só na teoria”, observou o estudante. “O diferencial é que vamos até a casa das pessoas, conhecemos de perto a realidade e, realmente, mudamos a vida das pessoas, e elas mudam nossa vida também”, avaliou o estudante.