Professora do UNIFESO apresenta nos EUA dados de pesquisa sobre a Malária Autóctone na Mata Atlântica
publicado em: 18/12/17

A professora Anielle Pina, do curso de Medicina do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO), foi no último mês aos Estados Unidos (EUA) apresentar um projeto desenvolvido na Fiocruz sobre a Malária Autóctone na Mata Atlântica. Ela participou do evento The Future of Malaria Research, realizado na Johns Hopkins School of Medicine, em Baltimore (EUA). Ainda em novembro, ela esteve na 66th Annual Meeting da American Society of Tropical Medicine and Hygiene, o mais importante congresso de medicina tropical e doenças infecciosas do mundo, também realizado em Baltimore. “Além disso, apresentei esta pesquisa em diversos eventos no Brasil e também na Austrália no final de 2016”, contou a professora, que foi convidada a participar do programa Bem Estar, da Rede Globo, para falar sobre o assunto.

Há dez anos na Fiocruz, a professora Anielle trabalha com Doenças Febris Agudas. O grupo em que ela faz parte também tem como colaborador o professor Alcides Pissinatti, do curso de Medicina Veterinária do UNIFESO e chefe do Centro de Primatologia do estado do Rio de Janeiro. O projeto que ela apresentou tem como principal objetivo caracterizar a dinâmica de transmissão da malária na Mata Atlântica do Estado do Rio de Janeiro. A conclusão do projeto foi a defesa de sua tese de doutorado e pós-doutorado.

Segundo o estudo, “a malária na Mata Atlântica do Rio de Janeiro ocorre em contexto de zoonose, e isso antes só era descrito em um único local do mundo, na Malásia, sudeste asiático. Essa é uma comprovação sem precedentes, já que a malária era considerada eliminada no estado do Rio desde meados do século passado. Tal fato traz preocupação, uma vez que doenças que ocorrem em contexto de zoonose não são passíveis de eliminação. Esse dado foi publicado na revista científica Lancet, uma das revistas de maior impacto no mundo”, explicou a professora Anielle.

Últimas Notícias

HCTCO comemora Natal com pacientes e funcionários

2017 marca centenário do professor Roched Abib Seba

Estudantes do CENSF e E.M. Maçom Lino Oroña Lema vencem Desafio CESO 2018

Funcionários do UNIFESO se unem e provam que Papai Noel existe

Pediatria da Clínica-Escola de Fisioterapia realiza confraternização de fim de ano

Projeto de monitoramento de trilhas desenvolvido no UNIFESO é apresentado em Brasília

UNIFESO participa de evento sobre as Novas Diretrizes Nacionais Curriculares do Conselho de Farmácia

UNIFESO participa de evento sobre as Novas Diretrizes Nacionais Curriculares do Conselho de Farmácia

Projeto de monitoramento de trilhas desenvolvido no UNIFESO é apresentado em Brasília

Pediatria da Clínica-Escola de Fisioterapia realiza confraternização de fim de ano

Formanda do UNIFESO apresenta trabalhos no Congresso Latino Americano de Oftalmologia Veterinária

Equipe do UNIFESO vai para as finais da maior competição internacional de empreendedorismo social entre estudantes

Médicos comemoram 35 anos de formatura no UNIFESO

UNIFESO oferece novos cursos e condições mais acessíveis no Vestibular 2018

Dezembro Vermelho: acadêmicos de Medicina realizam campanha

Prevenção ao Câncer da Pele: UNIFESO veste camisa do Dezembro Laranja e realiza campanha de conscientização

Medicina UNIFESO 2018: candidatos sobem a serra na disputa por uma vaga

Desafio CESO 2018: inscrições abertas até o dia 8 de dezembro  

CESO apresenta pesquisa em maior Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro