Unifeso - Dicas para ter um coração saudável

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Dicas para ter um coração saudável

19-11-2021

As Doenças Cardiovasculares (DCV) representam a principal causa de mortes no Brasil, segundo estudos da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Os fatores de risco são variados: desde fumo, diabetes, hipertensão e obesidade, até poluição do ar e condições raras e negligenciadas. Muitas dessas mortes poderiam ser evitadas ou postergadas com cuidados preventivos e medidas terapêuticas. O alerta, a prevenção e o tratamento adequado dos fatores de risco e das doenças cardiovasculares podem reverter essa grave situação.

Caminhe e cuide do músculo mais importante do corpo

De acordo com a Biblioteca Virtual em Saúde, do Ministério da Saúde, o coração é o músculo mais importante do corpo. Um coração saudável é a chave para um corpo saudável, e o coração precisa de exercícios para mantê-lo em forma. Uma simples caminhada por exemplo é uma ótima maneira de manter-se em forma, que se for feita diariamente por no mínimo trinta minutos ajuda a prevenir ataques e problemas do coração; controlar a pressão arterial; reduzir os níveis de colesterol; tonificar os músculos e fortalecer os ossos; aumentar os níveis de energia e tirar o máximo proveito de sua vida; controlar o peso, melhorar o sono; aumentar seu bem-estar físico e mental.

Use o coração para vencer as doenças cardiovasculares

A campanha da World Heart Federation de 2020 fez um pedido para que “use o coração para vencer as doenças cardiovasculares” e sugeriu que as pessoas façam escolhas melhores para cuidar do coração e ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, tendo uma dieta saudável, dizendo não ao fumo e ao álcool, praticando exercícios, dando bons exemplos para os filhos e entes queridos; e não deixar de fazer check-ups regulares e procurar os serviços de emergência, caso sinta algum desconforto torácico. 

O Ministério da Saúde Adverte: A melhor prevenção é seguir suas orientações do cardiologista

Entre tantas dicas de saúde, é importante lembrar que as recomendações possuem apenas caráter educativo, e o imprescindível é manter acompanhamento regularmente com um cardiologista. 

Conheça os serviços do HCTCO

O serviço de hemodinâmica identifica obstruções das artérias coronárias ou avalia o funcionamento das válvulas e do músculo cardíaco com a finalidade de diagnosticar uma possibilidade de infarto agudo do miocárdio ou determinar a exata localização da obstrução que está causando o infarto. Com o novo equipamento, as intervenções diagnósticas são variadas. No campo da cardiologia, da neurocirurgia e da cirurgia vascular, podem ser realizados exames diagnósticos como o cateterismo e as intervenções terapêuticas: implante de stents, implante de válvulas cardíacas por cateter, implante de próteses para o tratamento das doenças congênitas e estruturais, embolização de malformações arteriovenosas, tratamento do acidente vascular cerebral (AVC), etc.

Outro ganho para a população é o serviço de cirurgia cardíaca, que já realizou os primeiros procedimentos no HCTCO e conta com a Unidade de Tratamento Cardiointensivo com dez leitos, serviço de Ecocardiografia ampliado com a realização de Ecocardiograma transesofágico, atualização das equipes para o atendimento a pacientes cardiológicos na urgência e emergência.

Por Giovana Campos



Fontes:

Ministério da Saúde

Sociedade Brasileira de Cardiologia

World Heart Federation


Outras Notícias





Atendimento On-line