Unifeso - Estudantes do Unifeso participam de mutirão de limpeza ‘Cidade Limpa’

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Estudantes do Unifeso participam de mutirão de limpeza ‘Cidade Limpa’

17-11-2021

Depois de visitarem algumas comunidades, dentro do cronograma de atividades para esse ano do projeto Proteger Teresópolis, os estudantes do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) arregaçaram as mangas para atuar diretamente em um dos problemas mais emergenciais com a aproximação do período de chuvas: a limpeza e a ordenação do espaço público. Dentro desta preocupação, e fazendo parte do programa municipal Terê Tão Bela, o mutirão de limpeza Cidade Limpa visitou, no dia 13 de novembro, o bairro do Perpétuo.

O projeto tem como princípio, além de intensificar ações de limpeza e de ordenação do espaço público na cidade e no interior, promover a educação cidadã através do exemplo. Também participaram da ação, alunos do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) e da Clínica de Direito do Unifeso, que atuaram na varrição das principais vias e no recolhimento de lixo descartado irregularmente. Equipes da Ouvidoria e das secretarias de Meio Ambiente, de Defesa Civil e de Serviços Públicos também atuaram no mutirão.

De luvas calçadas e com vassoura e pá em mãos, o professor do curso de Direito do Unifeso, Dr. Caio Taranto, que é Juiz titular da 1ª Vara Federal de Teresópolis, enalteceu a importância do evento para os alunos e para a comunidade. “Esse é um momento único para o aluno e também para os moradores, que podem perceber pelo exemplo como faz a diferença manter as vias públicas limpas. Em poucas horas conseguimos retirar das ruas inúmeros sacos de detritos que podem potencializar desastres, assim como degradar a qualidade de vida do bairro”, disse.

Segundo o Ouvidor Geral, Leonardo Manso, que coordena o Cidade Limpa, além do mutirão de limpeza, o projeto prevê, ainda, ações de conscientização nos bairros e nas escolas e o aumento do número dos ecopontos para o lixo reciclável. “Hoje contamos com 19 ecopontos e, até o final do ano, teremos 25, além dos instalados nas escolas. A ideia é toda semana realizar um mutirão de limpeza em um bairro diferente, onde já existe uma associação de moradores organizada e a presença do gari comunitário”, comentou o ouvidor.

Segundo o secretário municipal de Defesa Civil, coronel Albert Andrade, iniciativas como esta de conscientização e de limpeza dos bairros já fazem parte do programa de preparação do Plano Verão, que elenca várias medidas de prevenção como o destino correto do lixo. “Esse foi o primeiro trabalho do Cidade Limpa, visando estimular a população a tomar medidas de precaução quanto ao descarte irregular do lixo, que pode trazer problemas sérios, como a obstrução de bueiros e de galerias, causando transtornos como possíveis alagamentos”, relatou Albert.

Roberta Amaral, diretora da DPPE do Unifeso, que coordena as atividades de extensão da instituição, completa: “Essa é mais uma etapa concluída da formação do nosso egresso, que aplica, na prática, a nossa missão institucional de construção de uma sociedade justa, solidária e ética”.

O cronograma de atividades ainda prevê a passagem do projeto pelos bairros do Rosário, no dia 27 de novembro, e de Santa Cecília, no dia 4 de dezembro. Com a exceção do bairro do Rosário, que ainda não recebeu a visita dos estudantes do Proteger Teresópolis, todos os demais já foram mapeados, e os dados estão sendo consolidados pela equipe acadêmica. Estudantes dos cursos de Medicina, de Enfermagem, de Engenharia Civil, de Arquitetura e Urbanismo, de Psicologia e de Direito compõem o projeto Proteger Teresópolis, cuja segunda fase acontece em 2021 e 2022.

Outras Notícias





Atendimento On-line