Unifeso - Obra de Chiquinha Gonzaga é tema da série Concertos de Gala, no mês de abril

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Obra de Chiquinha Gonzaga é tema da série Concertos de Gala, no mês de abril

03-05-2021

Abril foi mês de tributo a Chiquinha Gonzaga e de mostra de fotografias, no Centro Cultural Feso Pro Arte (CCFP). No dia 24, o público pôde conferir, pelo canal do centro cultural no Youtube, a abertura da exposição fotográfica “Um Olhar em Evolução”, de Bernardo Morales, e o concerto “A Brasileira”. 

A mostra pode ser visitada presencialmente, na Galeria de Artes do CCFP, até dia 7 de maio, ou virtualmente, no site do Unifeso. A estética geral do trabalho é pautada no contraste entre luz e sombra, visando dar mais expressão à imagem e trazendo como característica a ruptura com o tradicional fotográfico de apenas capturar uma cena. Bernardo apresenta uma nova perspectiva aos olhos, de maneira extremamente autoral e própria do seu estilo.

“Na exposição, apresento dois projetos, o primeiro é chamado Curvas e Cores, pautado em ensaios femininos, cada ensaio teve uma cor como tema. O segundo projeto é o Olhar simples pelo mundo, onde apresento locais turísticos do mundo com uma nova perspectiva, através do contraste de luz e sombra”, explicou Bernardo.

Já o concerto feito pelos músicos Carmen Bartoly (voz), Alexandre Guichard (violão), Bruno Fonseca (piano), Edson Teixeira (baixo) e Hélio Ratis (bateria e percussão) foi um tributo a Chiquinha Gonzaga. Na ocasião, foram apresentadas um pouco da história da compositora e curiosidades em torno de suas composições, como chorinhos, maxixes, além de outras desconhecidas do público em geral, como “O Fado das Tricanas de Coimbra” e “Oh! Mon Étoile”, uma música com letra francesa. 

O evento contou, ainda, com uma apresentação dos poetas Moema Tavares e Arthur Esteves, que representaram a Oficina de Poesia e Criação, parceira doCCFP. “Apesar de toda essa crise sanitária pela qual estamos passando, o Centro Cultural Feso Pro Arte vem cumprindo a missão de levar a cultura para toda a sociedade e, graças ao sistema virtual, não só para Teresópolis, mas para várias localidades. Sendo assim, ampliamos o nosso campo de ação”, disse Dr. Jorge Bragança, presidente do conselho do CCFP.

Por Juliana Lila

Outras Notícias





Atendimento On-line