CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Projetos de monitoria são oportunidade de apoio aos estudos

19-11-2020

O Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) dispõe de espaços extracurriculares de apoio aos estudos dos alunos. Um deles são as monitorias que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus, não deixaram de atender os estudantes e estão funcionando, a todo vapor, no Ambiente Virtual Acadêmico (AVA).

Os três centros do Unifeso, Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), Centro de Ciências da Saúde (CCS) e Centro de Ciências e Tecnologia (CCT), periodicamente, abrem editais para monitoria. Os projetos podem ser vinculados à pesquisa ou de apoio às disciplinas, especialmente aquelas em que os estudantes têm mais dificuldade.

 “A monitoria é extremamente importante para os estudantes que, muitas vezes, têm dificuldade em alguns temas e, quando em contato com o monitor, essa dificuldade é vencida”, explica a professora Vivian Paim, diretora do CCT. Ela ressalta que criar grupos de estudo é também uma ótima alternativa para a troca de conhecimento e o aprendizado.

Para a monitoria, são privilegiadas as disciplinas de maior dificuldade em cada curso. Os estudantes que precisarem de apoio podem encontrar os monitores em dias e horários específicos no AVA para explanações, resoluções de exercícios e dúvidas.

“O auxílio do monitor é fundamental, primeiro porque a linguagem dele se aproxima da linguagem dos demais estudantes e segundo porque os monitores atendem em horários diferenciados. No CCHS, a monitoria funciona há muitos anos de uma forma bastante positiva”, conta a professora Ana Maria Gomes de Almeida, diretora do CCHS. 

No CCS, existem programas de monitoria ligados aos cursos de graduação e ao Centro e integrados ou vinculados a disciplinas ou componentes curriculares. A professora Mariana Arcuri, diretora do CCS, explica que as monitorias acontecem através do desenvolvimento de projetos vinculados ao objetivo do programa ou dando suporte às disciplinas. “A monitoria representa um suporte muito grande para os estudantes. Os monitores tiram as dúvidas, fazem reforço das aulas, treinam habilidades com os estudantes, dentre outras atividades. É um programa vantajoso para o monitor e para o estudante em si”, destaca. 

Mariana conta, ainda, que, neste segundo semestre, as monitorias presenciais estão retomando, pouco a pouco, as atividades. “Ainda é um grande desafio, estamos passando por muitas adequações, mas com o retorno presencial das atividades práticas dos laboratórios da área da Saúde, estamos, aos poucos, retomando também a monitoria presencial”, explica.



Por Juliana Lila

Outras Notícias





Atendimento On-line