CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Começa o trabalho de campo do projeto Proteger Teresópolis

26-04-2019

Estudantes e professores do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) juntamente com técnicos da Defesa Civil iniciaram o trabalho de campo na comunidade da Coreia, dia 24 de abril, por conta do projeto Proteger Teresópolis. A primeira fase do trabalho visa mapear as vulnerabilidades de saúde dos moradores e estruturais das moradias.

O projeto Proteger Teresópolis une o Unifeso à Prefeitura de Teresópolis, através da Defesa Civil, numa importante missão. A meta é chegar ao mês de novembro com, pelo menos, 20 bairros mais vulneráveis aos desastres naturais totalmente mapeados, com protocolos de prevenção e de socorro específicos para a realidade climática, topográfica e geológica de cada área.

“Essa parceria do centro universitário com a cidade é fundamental, pois vamos colocar todo o conhecimento da academia e a potencialidade de trabalho a serviço do município para a resolução de problemas concretos. Nosso aluno ganha, porque vai aprender na prática, e a cidade ganha todos os produtos provenientes desse projeto”, completou a Reitora do Unifeso, professora Verônica Albuquerque.

Em campo

O ‘Proteger Teresópolis’, conta com a colaboração de técnicos da Defesa Civil, de professores e de 55 estudantes dos Centros de Ciências da Saúde e de Ciência e Tecnologia. Eles farão o diagnóstico de risco, a preparação comunitária, a análise geotécnica e o aperfeiçoamento do sistema de monitoramento e gestão.

No 9º período do curso de Enfermagem, Vanessa Lima é uma dos 55 estudantes que estão saindo em campo coletando informações. “Acho importante, como acadêmica, fazer esse trabalho, pela experiência de estar inserida na comunidade. É fundamental preparar a população e conscientizar os moradores para que entendam o que fazer em situações específicas relacionadas aos riscos causados pelas chuvas”, opinou.

Por Juliana Lila