CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ORGÃOS




Professores do Unifeso tomam posse na Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro

04-04-2019

Três professores do curso de graduação em Medicina do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) tomaram posse como membros titulares na Academia de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Acamerj). A cerimônia aconteceu, dia 29 de março, na sede da Acamerj, em Niterói (RJ), e contemplou a professora Vânia Gloria Silami Lopes e os professores Manoel Antonio Gonçalves Pombo e Carlos Pereira Nunes como os novos imortais da Academia.

A cerimônia contou com a presença de docentes do Unifeso, de colegas de profissão, de amigos e de familiares, que contribuíram para deixar a noite ainda mais emocionante. “Foi um dos fins de semana mais felizes da minha vida. Ajudei a organizar o evento, que foi muito bonito. Estou sorrindo como uma criança que acaba de ganhar um brinquedo”, resumiu a professora Vânia Silami. 

Dos seis acadêmicos que tomaram posse, três eram do Unifeso, e, hoje, a instituição de ensino está representada por cinco professores na Acamerj. Além dos três recém-chegados, os professores Mauro Geller e Marco Antônio Mibielli já são membros titulares. Ao todo, 75 acadêmicos ocupam as cadeiras da Acamerj.

O professor Carlos Pereira Nunes explica que o processo de admissão é longo e leva cerca de um ano. “Ser membro da Acamerj é um prêmio sem igual. Representa você atingir um o cume da formação médico-científica. A presidência está encantada com a participação do Unifeso na Academia e nos incentivando muito, pois sabe que a instituição é um centro de produção de conhecimento”, disse.

O professor e coordenador do curso de Medicina, Manoel Pombo, explica que a Academia do Estado é dividida em polos regionais, e que Teresópolis é um desses polos. “Nos últimos tempos, Teresópolis vem se fazendo representar mais fortemente dentro da Academia. Isto ajuda a levar a nossa escola para além da cidade, trazendo visibilidade ao Unifeso e mostrando as nossas experiências, afinal, temos uma metodologia diferenciada de ensino”, conta.

Acamerj é uma instituição de cunho científico, com preocupações sociais e integrada à Academia Nacional de Medicina. Dentro da Academia há comissões científicas, e os membros titulares são distribuídos nestas comissões, para as quais são traçadas ações anuais. Em 2018, por exemplo, aconteceu o II Congresso Médico da Acamerj, que foi sediado pelo Unifeso. “Esse evento acontece a cada três anos e foi uma ótima oportunidade de intercâmbio, afinal trouxemos profissionais renomados para Teresópolis. Ações como esta fazem com que nosso curso passe a ser um ponto de referência junto à comunidade médica do Estado do Rio de Janeiro”, explica Manoel Pombo. 

Por Juliana Lila