CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Palestra aborda a disfunção mitocondrial associada ao Sars-CoV-2

30-11-2020

O Sars-CoV-2, causador da atual pandemia de Covid-19, tem mobilizado diversas áreas da Ciência na busca pelo entendimento de como age, se multiplica e se dissemina o novo vírus. Para falar sobre disfunção e o comprometimento mitocondrial associados ao Sars-CoV-2, o curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso) convidou Johnatas Dutra Silva, Mestre em Ciências Biológicas (Fisiologia) pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBCCF) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Doutor em Ciências Biológicas (Fisiologia-IBCCF/UFRJ) e Pós-doutor no Wellcome-Wolfson Institute for Experimental Medicine na Queens University Belfast.

A palestra fez parte da programação do V Congresso Acadêmico-Científico do Unifeso (V Confeso) e aconteceu no dia 25 de novembro, de forma on-line. Segundo Johnatas, o novo coronavírus consegue manipular de diversas formas o sistema imunológico, se camuflando e se replicando antes que o sistema de defesa se dê conta, ampliando, assim, a resposta inflamatória nos pacientes. 

“As interações do vírus da Covid falam diretamente com a mitocôndria, manipulando-a para conseguir gerar essa tempestade de disfunções observadas na doença. Ele explica que, nos últimos anos, o comprometimento da mitocôndria tem sido muito estudado em doenças respiratórias. “Nessas doenças, são encontradas grandes quantidades de mitocôndrias incapazes de se regenerar”, destaca.

Johnatas disse, ainda, que a disfunção mitocondrial causada pelo vírus acaba gerando uma disfunção celular. “O vírus usa as mitocôndrias para se replicar, manipulando-as de forma negativa, interferindo na geração de energia e de sua autorregulação, pois quer persistir na célula pulmonar infectada. E embora a doença comece no pulmão, já sabemos que ela pode comprometer outros órgãos também”, explicou.

Vestibular 2021.1 com inscrições abertas para diversos cursos de graduação 



O Unifeso dará aquela força para quem tem o sonho de fazer uma graduação. Os vestibulandos que se matricularem em um dos 13 cursos oferecidos, no primeiro semestre de 2021, terão 30% de bolsa garantidos durante o período de integralização do curso, mantendo as condições estabelecidas no regulamento. Há bolsas de estudo disponíveis também para outras formas de ingresso. As inscrições acontecem de 30 de novembro a 19 de fevereiro e podem ser feitas, gratuitamente, pelo site.

São duas as principais formas de ingressar em uma graduação: via nota do Enem ou Redação On-line, e todo o processo, desde a inscrição até a matrícula, poderá ser feito de casa.






Por Juliana Lila

Outras Notícias





Atendimento On-line