Unifeso - PoÊterÊ Solidário: campanha vai doar alimentos, livros e roupas

CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




PoÊterÊ Solidário: campanha vai doar alimentos, livros e roupas

13-09-2021

O PoÊterÊ é conhecido na cidade como um evento que quebra paradigmas e reúne diversas manifestações culturais, durante de 12 horas ininterruptas, no Centro Cultural Feso Pro Arte (CCFPA). O evento, que acontecerá em novembro desde ano, inova mais uma vez e lança o PoÊterÊ Solidário, uma campanha que pretende arrecadar alimentos, livros e roupas para beneficiar a população carente de Teresópolis.

Durante o mês de setembro, o CCFPA receberá doações de livros que serão destinados à biblioteca comunitária do Ponto de Luz Coletivo. Para cada livro arrecadado em bom estado, o centro cultural doará um quilo de alimento não perecível ou um item de cesta básica. A justificativa para a doação de livros impressos em plena era digital, temática do Festival PoÊterÊ desse ano, está relacionada à conscientização quanto à dificuldade de acesso aos recursos tecnológicos nas áreas da periferia, nas quais as bibliotecas comunitárias têm papel fundamental na formação e na consolidação da cidadania e do pensamento crítico. 

As doações podem ser feitas no CCFPA (sala da coordenação) e nos campi do Unifeso no Alto e na Prata (nas salas do Serviço de Atendimento ao Docente - SAD). A organização do PoÊterÊ Solidário sugere que os doadores escrevam uma dedicatória afetiva a ser encaminhada com os livros doados, como forma de incentivo ao hábito da leitura e à valorização do conhecimento.

“O PoÊterÊ é um festival sui generis, um festival diferente, algo bem brasileiro e originalíssimo, que conquistou a nossa cidade. Com a pandemia da Covid-19, a cultura sofreu muito, mas o ponto positivo foi que o Centro Cultural Feso Pro Arte pode ampliar o campo de ação com as apresentações on-line, levando o festival a pessoas de outras localidades. Para esse ano, inovamos novamente e faremos um PoÊTerÊ Solidário, levando um trabalho humanitário para a população carente de Teresópolis”, comentou o Dr. Jorge Bragança, presidente do conselho do CCFPA. 

Por Juliana Lila

 

Outras Notícias





Atendimento On-line