CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS




Os cuidados com o item essencial e obrigatório: a máscara

14-05-2020

Sob a emergência de saúde pública causada pela Covid-19, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabeleceu diversas medidas excepcionais e temporárias, visando facilitar o acesso da população a produtos auxiliares na prevenção do contágio, e avaliadas do ponto de vista da relação risco-benefício como favoráveis aos pacientes e à população em geral. O coronavírus pode ser espalhado por gotículas suspensas no ar quando pessoas infectadas conversam, tossem ou espirram. Essas gotículas podem ter sua formação diminuída pelo uso de máscaras não profissionais. 

De acordo com documento publicado pela Anvisa, estas máscaras atuam como barreiras físicas, diminuindo a exposição e o risco de infecção para a população em geral. Além do isolamento social, o uso de máscaras de proteção para quem precisa ir à rua tem sido uma das medidas adotadas para evitar o aumento no número de casos da Covid-19, em todo o Brasil. No estado do Rio, algumas cidades, como Teresópolis, têm decretado a utilização obrigatória da peça, para quem trabalha nas ruas ou precisa sair de casa para ir até algum serviço essencial. 

A Anvisa alerta que as máscaras profissionais (material médico cirúrgico industrializado) devem ter seu uso dedicado e exclusivo aos profissionais de saúde e pacientes contaminados, onde as máscaras não profissionais não têm utilidade.

E para falar sobre a maneira correta da população em geral utilizar as máscaras, as de uso não profissional, foi convidado o professor/doutor Leandro Vairo, docente dos cursos de Medicina e Biomedicina do Centro Universitário Serra dos Órgãos (Unifeso). 



Feso News: Qual o tecido mais indicado para fazer estas máscaras?

Leandro Vairo: Devem ser evitados os tecidos que possam irritar a pele, como poliéster puro e outros sintéticos, o que faz a recomendação recair para, preferencialmente, tecidos que tenham mais algodão na sua composição.



FN - Qual é a forma mais correta de se colocar a máscara no rosto e de guardar na bolsa, antes e depois do uso?

LV: Ela deve cobrir totalmente a boca e nariz, sem deixar espaços nas laterais, manter o conforto e espaço para a respiração, evitar uso de batom ou outra maquiagem ou base durante o uso da máscara. Ao utilizar, não fique manipulando a máscara na rua, não ajuste a máscara na rua. Se estiver utilizando a máscara por mais de duas horas ou ela estiver úmida, é necessário colocar uma limpa e higienizada, sempre limpando a mão com álcool 70 ou sabonete antes de depois de manipular. Coloque em uma sacola plástica antes de trocar ou colocar na bolsa para higienizar quando chegar em casa.



FN: Além do tecido, é recomendado usar mais algum outro material para reforçar a proteção?

LV:
É recomendável que o produto manufaturado tenha três camadas: uma camada de tecido não impermeável na parte frontal, tecido respirável no meio e um tecido de algodão na parte em contato com a superfície do rosto.



FN: Como deve ser o processo de higienização da máscara quando chegar em casa?

LV:
Vamos às etapas:

- Sempre higienizar as máscaras antes da primeira utilização;

- A máscara deve ser lavada separadamente de outras roupas;

- Lavar previamente com água corrente e sabão neutro;

- Deixar de molho em uma solução de água com água sanitária* ou outro desinfetante equivalente de 20 a 30 minutos;

- Enxaguar bem em água corrente, para remover qualquer resíduo de desinfetante;

- Evite torcer a máscara com força e deixe-a secar;

- Passar com ferro quente;

- Garantir que a máscara não apresenta danos (menos ajuste, deformação, desgaste, etc.), ou você precisará substituí-la;

- Guardar em um recipiente fechado.

* Para preparar uma solução de água sanitária ( 2,5%) com água, por exemplo, você pode diluir de duas colheres de sopa de água sanitária em 1 litro de água.

Caso você possua máquina de lavar, pode programar o ciclo completo de lavagem (lavagem, enxague, secagem) de pelo menos 30 minutos com uma temperatura de lavagem de 60ºC. 

As máscaras de TNT não podem ser lavadas, devem ser descartadas após o uso.



FN: A máscara de tecido pode ser reutilizada até quantas vezes?

LV:
Ao contrário das máscaras descartáveis, as máscaras de tecido podem ser lavadas e reutilizadas regularmente, entretanto, recomenda-se evitar mais que 30 (trinta) lavagens. Enquanto estiver com os elásticos e tecidos íntegros, ela pode ser utilizada, lembrando sempre de respeitar o tempo máximo de duas horas e a cobertura total da boca e nariz, sem deixar espaços laterais.



Por Giovana Campos

Outras Notícias





Atendimento On-line