CENTRO UNIVERSITÁRIO SERRA DOS ÓRGÃOS






Data: 13/10
Horário: 20h30
Palestrante: Daniel Mitidiero

Local: Ambiente Virtual - Eventos Unifeso - Curso de Direito

Público-Alvo: Estudantes e professores do curso de Direito do Unifeso

Descrição: A aptidão da Justiça Civil para responder adequadamente às demandas por justiça de forma transparente e accountable amparando o indivíduo diante de outros indivíduos e diante do Estado é um dos bens mais
valiosos que se pode cultivar dentro da estrutura de um Estado Democrático de Direito. Sem uma Justiça Civil comprometida com a promoção do império do Direito mediante um processo justo não só se corre o risco de frustrar-se o plano de dar a cada um o que é seu, mas sobretudo se coloca em xeque a objetividade do Direito e a sua necessária vinculação com a segurança jurídica, a liberdade e a igualdade, sem as quais a Justiça Civil se converte em um jogo cujas regras mudam aleatoriamente em função dos diferentes interessados e cuja engrenagem é movida sorrateiramente pelos donos do poder. Desafiá-la a fim de que possa tornar-se cada vez mais rente aos ideais de protetividade dos direitos no quadro do Estado Constitucional é, sem dúvida, uma das principais tarefas de nosso tempo.
 

Mais informações: Formação e Titulação do Palestrante:

Pós-Doutor em Direito pela Facoltà di Giurisprudenza dell; Università degli Studi di Pavia (UNIPV); Doutor em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professor Associado de Direito Processual Civil nos cursos de graduação, mestrado e doutorado da Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Ministra palestras regularmente em eventos jurídicos no Brasil e no exterior. Tem 31 livros e vários artigos publicados na sua área de concentração no Brasil e no exterior. Vencedor do 51 Prêmio Jabuti (2009) e do 59 Prêmio Jabuti (2017). Ao lado de Luiz Guilherme Marinoni e Sérgio Cruz Arenhart, é coordenador da coleção "Comentários ao Código de Processo Civil" e da coleção "O Novo Processo Civil", ambas da Editora Revista dos Tribunais (São Paulo). Ao lado de Michele Taruffo, Eduardo Oteiza e Jordi Nieva Fenoll, é diretor da Coleção "Processo e Direito" da Editoral Marcial Pons (Madrid - Buenos Aires - São Paulo). Membro da International Association of Procedural Law (IAPL), do Instituto Iberoamericano de Derecho Procesal (IIDP) e do Instituto Brasileiro de Direito Processual (IBDP). Exerce a advocacia contenciosa em Porto Alegre, Curitiba e Brasília. Advogado.

Carga Horária: 04 horas


Atendimento On-line